• A importância da hidrovia Tietê-Paraná

    A possibilidade de que a navegação na hidrovia Tietê-Paraná seja interrompida depois do final da safra de grãos deixa apreensiva a comunidade que vive dos serviços portuários.

  • Complexo do Açu terá o maior parque termelétrico da América Latina

    Quando o empreendimento atingir sua capacidade operacional máxima irá gerar energia suficiente para abastecer 14 milhões de residências, quantidade equivalente ao consumo residencial dos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo juntos

  • Disputa em leilão de energia é acirrada e termelétricas nacionais são alvo de petroleiras

    Mercado nacional está na mira de empresas estrangeiras para a produção de energia

  • Empreendimento portuário em construção aposta em segurança energética

    Direção das empresas explicam que acordo é passo fundamental para garantir a segurança energética e o suprimento de gás natural ao Sul do País para a próxima década

  • Energia

    Energia é uma palavra que é utilizada muito no cotidiano, mas poucos entendem seu significado a fundo. Desde a energia que conseguimos ao consumir alimentos até a produção de energia elétrica, o fato é que o ser humano cada vez mais procura outras formas de se fazer energia, pois o funcionamento de grande parte do que utilizamos para nosso conforto é proveniente de consumo energético.

  • Fórum debate cidades do futuro e chances de negócios

    O Smart City Business America Congress & Expo (SCBAC&E), junto aos governos do Canadá, França e Reino Unido e parceiros internacionais da China, EUA e Israel, levará à capital paulista, entre os dias 16 e 18 de abril, um fórum de debates que trará representantes de startups desses países com possibilidades de atuação no Brasil.

  • Índia tecnológica: país investe em fontes de energias renováveis

    De proporções habitacionais gigantescas, a Índia comporta mais de 1,3 bilhão de pessoas e isso coloca o lugar como o segundo mais habitado do planeta. Com isso, o país lida com problemas na distribuição de energia para parte da população, e a busca por fontes renováveis é um tema recorrente na sociedade indiana

  • Piezeletricidade: a geração de energia elétrica do futuro

    A energia é o que nos move, seja a energia responsável por nos manter ativos que é extraída dos alimentos e metabolizada pelo nosso organismo, a energia gerada pelos combustíveis fósseis, ou as energias renováveis.

    Figura 1: Comparação entre as fontes de geração de energia elétrica de 1971 até 2015 no mundo todo. O carvão continua soberano, mas as energias renováveis mostram um crescimento expressivo desde meados de 2007. Fonte: Agência Internacional de Energia (pág. 9 - http://www.iea.org/publications/freepublications/publication/WorldEnergyBalances2017Overview.pdf )


    Por ser uma necessidade e por saber que os combustíveis fósseis irão acabar um dia, cada vez mais outras alternativas são procuradas para o suprimento de energia de forma renovável. Segundo a Agência Internacional de Energia, um exemplo disso é a Alemanha que possui a ambição de que, até a metade do ano de 2030, toda a energia elétrica produzida no país seja oriunda de fontes renováveis. Por isso, atualmente, a Alemanha é um dos países que mais investe nesse tipo de tecnologia.

    É com isso que foi criado o conceito de Energy Harvesting: ser capaz de “colher” diferentes tipos de energia do ambiente e convertê-las em outros tipos de energia mais “úteis”, como a ...

  • Setor elétrico: às favas os escrúpulos

    O objetivo principal da privatização da Eletrobras é resolver problemas de natureza fiscal do Governo. Responder aos graves problemas do setor elétrico brasileiro não está entre os fatores principais que geraram essa proposta.

  • Setor elétrico: lições de reformas na Europa

    No momento em que o Brasil ensaia uma nova reforma do setor elétrico brasileiro, baseada na ampliação do mercado livre e na privatização da maior geradora do país, um livro lançado em agosto de 2017, por um dos mais importantes economistas da energia, Jacques Percebois, em conjunto com Jean-Pierre Hansen, engenheiro e também economista, faz uma avaliação sobre a evolução do setor elétrico europeu depois de vinte anos de reformas liberalizantes.

  • SPIC Brasil, Grupo Prumo e Siemens AG formalizam acordo para desenvolver projetos de energia no Brasil

    A contribuição da SPIC Brasil neste acordo está centrada em sua expertise em operação e estratégia de gestão de projetos no Brasil, assim como a Siemens contribuirá com sua experiência em tecnologia e o Grupo Prumo com investimentos de longo prazo. A parceria permite ampliar a gama de projetos e confere maior confiança no investimento que porventura seja desenvolvido