• O Regulamento Aduaneiro define o território aduaneiro brasileiro como todo o território nacional. Saiba mais sobre esse conceito importante.

  • Agente de carga é o intermediador e facilitador do processo de envio de uma carga, desde a sua origem até o seu destino. Essa tarefa envolve diversas empresas e atribuições

  • O mundo do agronegócio festeja o que eles chamam de "esforço do ministro dos Portos, Helder Barbalho, em definir as poligonais e liberar licitações de terminais portuários para movimentar os investimentos privados e públicos no Arco Norte, região que compreende os estados de Rondônia, Amazonas, Amapá, Pará e segue até o Maranhão, garantirá ao país, em 10 anos, um equilíbrio entre a oferta de soja e milho e a capacidade de movimentação de carga nos portos brasileiros". Essas são as palavras do especialista em logística e infraestrutura, Luiz Fayet, que prossegue reluzente: "Com a definição das poligonais, os investimentos privados para a construção de Terminais de Uso Privado tornam-se possíveis, e, com a construção do Terminal Público de Outeiros possibilitarão a diminuição do “Custo Brasil” para a exportação das safras localizadas nas novas fronteiras: Mato Grosso, Brasília e Bahia, principalmente."

    Ele explica que, atualmente, a maior parte da plantação de soja e milho dessas regiões é transportada via rodovia até o Porto de Santos (SP). Ele conta na ponta do lápis tal "caminho" do produto: “Gasta-se hoje cerca de US$ 130,00 a US$ 140,00 por tonelada para exportar pelo Sudeste. Ao fazermos pelo Norte, conseguiremos diminuir entre US$ 50,00 e US$ 60,00 esse custo."

    Outeiros terminal

    Segundo Fayet, os maiores benefíciados com a ampliação da capacidade dos portos do Arco Norte serão os produtores e exportadores de milho. Além disso, beneficia-se também toda a cadeia de prestadores de serviços e equipamentos para infraestrutura portuária, que deverá testemunhar um aumento na demanda por soluções aplicadas à operação nos portos e terminais.

  • O Brasil é o terceiro maior produtor mundial de frutas, mas o país exporta apenas 2,5% do que produz e está no 15º lugar em exportação no setor.

  • Os iranianos têm grande interesse em ampliar sua relação comercial com o Brasil. Representantes do Irã - quinto maior parceiro do agronegócio brasileiro - estiveram na reunião do Comitê Consultivo Agrícola Brasil-Irã, em Brasília, na semana passada, para discutir os procedimentos para exportação de carne bovina, de gado vivo e material genético bovino e avícola.

  • O Porto de Cabedelo (PB) se prepara para duas operações que irão embarcar 31 mil toneladas de minério ilmenita para a Europa. O minério é extraído no município de Mataraca, litoral norte da Paraíba, e terá como destino final a França e a Ucrânia.

  • O certificado halal é um documento essencial para as exportações com destino para países árabes. Esse cerificado possui cunho religioso, e garante aos muçulmanos que o alimento está livre e foi cultivado ou preparado de acordo com os preceitos do islã.

    Saiba mais sobre o  importante documento para exportar para o mercado árabe.

  • A capital paulista recebe, até quarta-feira (18), o Ciclo de Exportação São Paulo, evento focado na promoção do comércio internacional para micro, pequenas e médias empresas (MPMEs).

  • A verdade é que temos, no Brasil, no setor de maneira geral, uma verdadeira indústria de sobre-estadias de contêineres, enchendo os bolsos de diversas empresas e estimulando a parasitagem de intermediários que colocam sobrepreços na cobrança. O frete? Este aí, há muito tempo, virou acessório, pois ainda tem os elevados ganhos com câmbios e as malditas e vergonhosas sobretaxas, rol que se inclui o Terminal Handling Charge (THC), que ainda será objeto de muitos problemas

  • O processo de concessão por 65 anos da Ferrogrão, ferrovia greenfield (ainda não existe um estrutura física) entre os municípios de Sinop (MT) e Itaituba (PA) está em fase de consulta pública da minuta de edital, contrato e de estudos técnicos.

  • O Centro Internacional de Negócios da Federação Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) realiza de 23 a 25 de outubro o curso de Câmbio e Operações com o Mercado Externo.

  • A diversificação das cargas movimentadas em Natal e a construção de um retroporo com integração rodo-ferroviária estão entre os principais desafios do almirante de esquadra Elis Treidler Öberg, nomeado para o comando da Companhia em fevereiro deste ano, como parte da estratégia do Ministério da Infraestrutura em selecionar profissionais aptos para "coordenar pessoas na execução de projetos complexos"

  • Vem das terras catarinenses um vento de otimismo e também de apreensão, mais especificamente do presidente da Federação da Agricultura do Estado (Faesc), José Zeferino Pedrozo. Ele afirma: "Não há dúvidas de que o ano será excelente para exportação das carnes brasileiras.

  • O ano de 2015 começou trazendo grandes planos para Economia Brasileira, um deles foi um aumento do dólar de 3 unidades monetárias em média. O que isso pode trazer como impacto para os agentes econômicos no Brasil? Ou, ainda mais além, o que a mudança do valor de unidades monetárias do dólar pode trazer para um país?

  • Um importante desafio para o Brasil é estimular as empresas a investir em inovação e possibilitar a inserção na Indústria 4.0. De acordo com informações cedidas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o Brasil ocupa a 61ª posição no ranking mundial que mede a complexidade de exportações

  • Nesse artigo você entenderá sobre as principais modalidades dos financiamentos de exportações oferecidos para empresas, além dos benefícios, os agentes envolvidos e o principal objetivo desse incentivo.

  • A Globalização foi um conjunto de transformações nos âmbitos econômicos, sociais, culturais e políticos que marcou uma nova ordem mundial e a ascensão do modelo econômico capitalista.

  • Para reduzir prazos e custos e aumentar a competitividade dos produtos brasileiros no exterior, o MDIC lançou no final da última semana o Novo Processo de Exportações do Portal Único do Comércio Exterior, também conhecido como DU-E.

  • Saiba o que é comércio exterior e tudo o que um iniciante deve saber: introdução, conceito, mercado de trabalho e exemplos de casos.

  • O Reporto é um regime aduaneiro especial criado para incentivar o investimento na recuperação, na modernização e na ampliação dos portos brasileiros, através do incentivo fiscal federal de suspensão de tributos, criado pelo Governo Federal em agosto de 2004.

    Através do Reporto as empresas podem adquirir maquinário e equipamento com a suspensão dos tributos federais como o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), PIS/COFINS, II (Imposto de Importação). Após 5 anos da aquisição do bem a suspensão vira isenção.
    Leia esse artigo e veja como se beneficiar com Reporto. Mas atenção: esse regime se encerrará no dia 31 de dezembro de 2020.