• O Regulamento Aduaneiro define o território aduaneiro brasileiro como todo o território nacional. Saiba mais sobre esse conceito importante.

  • Agente de carga é o intermediador e facilitador do processo de envio de uma carga, desde a sua origem até o seu destino. Essa tarefa envolve diversas empresas e atribuições

  • Produtos de informática e telecomunicações e de bens de capital sem produção no Brasil passam a não ter imposto de importação. As Resoluções nº 80 e nº 81 da Câmara de Comércio Exterior (Camex), conforme regime de ex-tarifário, reduzem de 16% e 14% para zero de alíquota para 153 máquinas e equipamentos industriais.

  • A verdade é que temos, no Brasil, no setor de maneira geral, uma verdadeira indústria de sobre-estadias de contêineres, enchendo os bolsos de diversas empresas e estimulando a parasitagem de intermediários que colocam sobrepreços na cobrança. O frete? Este aí, há muito tempo, virou acessório, pois ainda tem os elevados ganhos com câmbios e as malditas e vergonhosas sobretaxas, rol que se inclui o Terminal Handling Charge (THC), que ainda será objeto de muitos problemas

  • O Centro Internacional de Negócios da Federação Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) realiza de 23 a 25 de outubro o curso de Câmbio e Operações com o Mercado Externo.

  • O ano de 2015 começou trazendo grandes planos para Economia Brasileira, um deles foi um aumento do dólar de 3 unidades monetárias em média. O que isso pode trazer como impacto para os agentes econômicos no Brasil? Ou, ainda mais além, o que a mudança do valor de unidades monetárias do dólar pode trazer para um país?

  • Por meio da plaforma eletrônica serão protocolados todos os requerimentos de licenças de importação (LIs), nas modalidades regular, substitutiva e reimportação. Somente serão protocolados fora do sistema LECOM os requerimentos de autorização de importação de amostras sem valor comercial

  • Os auditores fiscais dizem ter consciência e dever da importância deles na defesa da sociedade, especialmente do contribuinte em ações como combate ao contrabando, sonegação e até mesmo o tráfico de drogas.

  • Ao atuar com a importação, as Micro e Pequenas Empresas (MPEs), por exemplo, podem conquistar baixos custos de aquisição de mercadorias ou matéria-prima. Desta forma, tendo como benefício o tempo do produto chegar a ser menor do que o período que levaria com fabricação nacional, otimizando processos e impulsionando resultados

  • De acordo com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic) compilados pela Abit, as importações de vestuário aumentaram 90% em volume em outubro, comparado ao mesmo mês de 2016, somando 10 mil toneladas

  • A Europa sempre foi um dos principais destinos e origem das cargas de exportação e importação do Brasil. No ano de 2016 o continente foi o destino de R$ 21 bilhões em exportações brasileiras e a origem de R$ 17 bilhões em importações, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC)

  • O Inciso II do artigo 57 da aludida norma também exige que o depositário arquive, "em boa guarda e ordem", pelo prazo de cinco anos, a cópia da via original do conhecimento de carga. A publicação altera a Instrução Normativa RFB 680, de outubro de 2006, que disciplina o despacho aduaneiro de importação

  • Saiba o que é comércio exterior e tudo o que um iniciante deve saber: introdução, conceito, mercado de trabalho e exemplos de casos.

  • O Reporto é um regime aduaneiro especial criado para incentivar o investimento na recuperação, na modernização e na ampliação dos portos brasileiros, através do incentivo fiscal federal de suspensão de tributos, criado pelo Governo Federal em agosto de 2004.

    Através do Reporto as empresas podem adquirir maquinário e equipamento com a suspensão dos tributos federais como o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), PIS/COFINS, II (Imposto de Importação). Após 5 anos da aquisição do bem a suspensão vira isenção.
    Leia esse artigo e veja como se beneficiar com Reporto. Mas atenção: esse regime se encerrará no dia 31 de dezembro de 2020.

  • Aqui apresentaremos para vocês as características e localidades dos principais portos do Brasil em 2016, além de algumas curiosidades sobre esses portos incríveis.
    Os portos a seguir foram escolhidos por um critério de ranqueamento de movimentação de carga dos Portos Organizados da própria ANTAQ (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), o órgão brasileiro responsável pela regulamentação, controle tarifário, estudo e desenvolvimento do transporte aquaviário do Brasil(saiba mais aqui).

     

    Ebook Manual do Transporte Aquaviário e Portos do Brasil


    Além disso, iremos expor as fases de crescimento e os pontos de melhoria dos portos para este ano de 2017. Veja abaixo a apresentação da movimentação de carga total dos portos citados abaixo e se surpreenda!

    Fonte: (https://webportos.labtrans.ufsc.br/Brasil/Movimentacao) Acessado em 03/04/2017.

    Fonte: (https://webportos.labtrans.ufsc.br/Brasil/Movimentacao) Acessado em 03/04/2017.
    Fonte: (https://webportos.labtrans.ufsc.br/Brasil/Movimentacao) Acessado em 03/04/2017.

    Fonte:
    ...
  • Os critérios para análise técnica dos processos de concessão de Extarifários para Bens de Capital – BK e Bens de Informática e Telecomunicações – BIT, no âmbito da Secretaria de Desenvolvimento da Indústria, Comércio, Serviços e Inovação, observarão o disposto na presente Portaria

  • A partir da próxima segunda-feira, dia 8 de abril, o Portogente levará ao ar o espaço "Radar Usuport-RJ", criado com o objetivo de publicar textos e artigos relacionados às necessidades e desafios dos usuários dos portos brasileiros. A administração das postagens ficará por conta de André de Seixas, diretor-presidente da Usuport-RJ e um grande entusiasta das causas de importadores e exportadores no País

  • A balança comercial brasileira registrou, na segunda semana de janeiro, superávit de US$ 621 milhões, com a soma de US$ 6,067 bilhões para as exportações e as importações em US$ 5,596 bilhões, o que gerou um saldo positivo de US$ 471 milhões. Esta recuperação impacta diretamente no cenário da Intermodal South America, principal encontro do setor de transportes de cargas, logística e comércio exterior das Américas, que reúne os principais players destes mercados em um ambiente propício para fomentar os negócios.

    “O bom desempenho das exportações é um estímulo para a competitividade e propicia fôlego para o País em um momento tão delicado da economia. As empresas nacionais ou internacionais que atuam na logística no Brasil demonstram uma perspectiva positiva para o desenrolar deste ano. Prova disto é que temos na Intermodal South America 2016 mais de 600 marcas de todas as vertentes do transporte de cargas, da logística e do comércio exterior prontas para oferecer soluções mais eficientes, mais otimizadas e cada vez mais customizadas para atender os embarcadores de cargas”, destaca o gerente da Intermodal, Ricardo Barbosa.

    Barbosa também chama a atenção para o efeito da valorização do câmbio na indústria nacional. De acordo com ele, a desvalorização do Real permite a inserção dos produtos brasileiros no mercado internacional. “A taxa cambial influenciou os resultados da balança, favorecendo as exportações e garantindo demanda internacional para a produção local”. A opinião do gerente da Intermodal coincide com a análise feita pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Armando Monteiro, que declarou recentemente que a exportação é o caminho para a retomada do crescimento.

    A 22ª edição da Intermodal South America acontece nos dias 5, 6 e 7 de abril, no Transamerica Expo Center, em São Paulo e reunirá mais de 600 marcas nacionais e internacionais, de 25 países, representantes das mais diversas vertentes da cadeia,

    ...
  • A carga tributária no Brasil tem um enorme peso no custo dos produtos e serviços negociados, tantos nas operações internas (dentro do país) como nas externas (transações com países estrangeiros).