• Aparelhamento sem fim na Docas do Rio e um novo modelo para os portos brasileiros

    Retrato fiel do jogo de interesses e da ausência de comprometimento com o País, a nomeação de diretores para a Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) respeita apenas uma regra: a indicação forçada de políticos influentes na estatal

    navio o sol

  • Despachantes aduaneiros e a exclusão do Regime OEA

    A publicação das IN RFB nº 1833 e 1834, que alteraram dispositivos importantes da IN que dispõe sobre o Programa Brasileiro de Operador Econômico Autorizado (OEA), causou bastante alvoroço e intensa revolta em toda a classe dos Despachantes Aduaneiros

  • Implantação do Programa OEA até 2022 adicionará US$ 50,2 bilhões ao PIB do Brasil em 12 anos

    O acréscimo que o Programa OEA trará ao PIB ao longo dos próximos anos diz respeito ao ganho de eficiência que as empresas terão com a desburocratização e a redução do tempo gasto nas operações. A expectativa da indústria é que o governo trabalhe para conseguir alcançar a meta de 50% das declarações dentro do programa até 2022

  • O Compliance Criminal Aduaneiro e o Operador Econômico Autorizado

    A denominada Operação Carne Fraca é um recente e expressivo referencial que deve servir de veículo informativo e reflexivo sobre a importância da implantação de uma política de gestão de compliance criminal no ramo de atividades aduaneiras

  • O OEA como transformador no processo aduaneiro e no desempenho logístico

    Com foco em confiabilidade, segurança, conformidade e aplicação de gestão de riscos, o OEA vem convocar toda a comunidade, ou melhor dizendo, os intervenientes que atuam no comércio exterior, para firmar uma parceria, uma aliança para atuar em conjunto (Estado, iniciativa privada e profissionais) no combate ao terrorismo, ao crime organizado e às operações fraudulentas, a concorrência desleal em benefício da segurança da cadeia logística e de toda a sociedade

  • Operador Econômico Autorizado (OEA)

    Operador Econômico Autorizado (OEA) é uma certificação concedida pela Receita Federal Brasileira as empresas que operam atividades de comércio exterior e que preencham os, requisitos necessários para obterem tal certificado.

    O programa de certificação de operadores econômicos é uma ideia da Organização Mundial de Aduanas (OMA), que visa trazer facilidade e segurança para o Comércio Internacional. Leia mais sobre o assunto e descubra tudo o que você precisa saber sobre o certificado de Operador Econômico Autorizado.

  • Organização Mundial das Aduanas (OMA)

    A Organização Mundial das Aduanas (OMA) é uma organização internacional de suma importância para o comércio internacional, permitindo a implementação de regras aduaneiras igualitária entre os países signatários, facilitando os trâmites das operações de comércio exterior.

    Descubra mais sobre a sua história, função, hierarquia relevância neste artigo.

  • Unidade da Multilog em Santos recebe a Certificação de Operador Econômico Autorizado

    Certificação segue normas internacionais de qualidade e segurança nos processos logísticos