• A entrevista com Luciano Pereira de Souza , abrindo o WebSummit Porto Sustentável, põe luz em três pontos importantes da sustentabilidade em nossos portos: planejamento, conflito legal e fiscalização.

  • Vem dividindo águas de opinião no Porto de Santos, o Termo de Ajuste de Conduta (TAC) firmado entre a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) e o Ministério Público Federal, ao considerar que a acelerada erosão que passou a atingir praias de Santos tem como causa a dragagem para alargamento e aprofundamento do canal estuário.

  • Quem está lhe observando? Esta questão que antes era inerente a notícias sensacionalistas de gente famosa alvo dos paparazzi, hoje pode ser respondida por clientes, produtos e empresas.

  • O primeiro entrevistado do "Esquenta WebSummit Porto Sustentável" é Luciano Pereira de Souza, bacharel e licenciado em Ciências Biológicas e Direito. Ele aborda a complexa situação que envolve a manutenção e a instalação de terminais graneleiros no corredor de exportação do Porto de Santos, no bairro da Ponta da Praia, área densamente habitada

    lucianosouza01

  • O executivo garante que intervenções no Complexo, como o aprofundamento do canal de acesso - várias vezes criticado pela comunidade local -, recebem monitoramento ambiental, possibilitando as equipes realizarem medidas corretivas para evitar qualquer reflexo no meio ambiente

  • Reconhecendo a urgência crescente em combater a poluição dos oceanos, particularmente de plásticos e nutrientes, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) lançou um concurso que busca inovações transferíveis, replicáveis e escaláveis, que receberão subsídios de 50 mil a 250 mil dólares.

  • Sendo assim, pensando no ambiente e na integração do porto com a cidade vejo a necessidade de incentivar a utilização destes dois modais (transporte aquaviário e ferroviário) sendo a cabotagem uma grande aliada para a diminuição da utilização de transporte rodoviário