Conheça as vantagens e desvantagens do uso do ar condicionado e como ele pode afetar nosso estado de saúde, além de nossa postura no trabalho.

 

Um ambiente com uma temperatura adequada, proporciona maior conforto térmico, isso é fato. Porém, mais do que apenas nos refrescar, o ar-condicionado também pode afetar o nosso estado de saúde e até o modo de agir e pensar.

Assim, homens e mulheres podem ter um nível maior ou menor de produtividade, dependendo da temperatura do ar no local de trabalho. É o que mostra um estudo, realizado em 2019, do Centro de Ciências Sociais de Berlim e da Universidade do Sul da Califórnia.

Segundo a pesquisa, mulheres possuem maior conforto térmico e produzem bem em ambientes mais quentes, diferentemente dos homens, que precisam de um local frio para terem um melhor desempenho. Isso explica porque existem tantos conflitos nas empresas sobre a temperatura do ar.

Porém, não devemos nos preocupar apenas com o nível de aquecimento ou refrigeração, mas, também, com uma limpeza adequada do aparelho, pois a falta de higienização pode trazer sérios riscos à saúde. É o que mostra uma análise feita pela Universidade de São Paulo.

Segundo os dados, um terço dos 1.500 participantes que utilizavam diariamente o ar-condicionado apresentavam desconfortos como: irritação na garganta, nos olhos e coceira no nariz. Isso ocorre devido à falta de limpeza dos equipamentos de refrigeração que podem conter em sua tubulação: bactérias, fungos, ácaros e, até mesmo, animais em decomposição.

O ar-condicionado melhora ou piora a saúde?

Ao contrário do que se imagina, o aparelho pode trazer mais benefícios do que malefícios a saúde. No entanto, deve-se sempre ficar atento às condições de higiene do ar-condicionado, pois, sem uma limpeza periódica, ele deixa o ambiente mais propício a reações alérgicas e respiratórias.

De acordo com a Associação Brasileira de Refrigeração, Ar condicionado, Ventilação e Aquecimento (ABRAVA), um indivíduo passa cerca de 85% do seu dia em ambientes climatizados.

Por isso, é importante ficar atendo ao estado de limpeza do ar-condicionado, realizando mensalmente a troca do filtro do equipamento, responsável por purificar o ar gerado, além de sua manutenção, que deve ocorrer, no máximo, a cada seis meses. Assim, você consegue aproveitar todos os benefícios em segurança.

Quais são os benefícios do ar-condicionado?

Com a manutenção em dia, o ar-condicionado pode apresentar uma série de vantagens. Tanto para as pessoas que permanecem no ambiente climatizado, como para o local em que o equipamento está instalado. Ele ajuda a manter a vida útil dos aparelhos eletrônicos, que trabalham adequadamente quando refrigerados.

Com ele, é possível, também, evitar a desidratação corporal, pois, com uma temperatura adequada, o corpo transpira menos, mantendo, assim, sua hidratação em dia. Além disso, ele pode favorecer o sono, a concentração e a produtividade, possibilitando um ambiente mais agradável, sem oscilações bruscas na temperatura.

Qual é o nível de temperatura ideal?

Segundo especialistas, para manter parte da umidade do ar e não prejudicar a saúde, é muito importante não utilizar o equipamento na potência máxima. Ainda é preciso beber bastante água ao longo do dia e higienizar o nariz com soro fisiológico, para preservar a umidificação das narinas, evitando, assim, o ressecamento das vias aéreas.

Portanto, estima-se que se deve regular o ar-condicionado considerando uma média de, no máximo, 10 °C de diferença da temperatura ambiente. Já para locais corporativos, o Ministério do Trabalho Brasileiro, recomenda que o equipamento deve ser utilizado entre 20 °C e 23 °C em ambientes de atividades intelectuais e concentração.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

  escreva corporativas

O que você achou? Comente