Na última sexta-feira (18), os auditores do Tribunal de Contas da União (TCU), responsáveis pela auditoria que vem sendo realizada na Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), se reuniram, por videoconferência, com a Diretoria Executiva da companhia. O intuito dos auditores foi obter maiores subsídios acerca do Plano de Reestruturação Financeira elaborado em 2018 e incorporado ao Plano de Negócios da Companhia em 2019.

Na ocasião, após abertura e contextualização da CDRJ pelo Diretor-Presidente, Francisco Antonio de Magalhães Laranjeira, foi realizada apresentação pelo Diretor de Relações com o Mercado e Planejamento, Jean Paulo de Castro e Silva, sobre os aspectos comerciais da Companhia, como expectativas de Receitas, renovação de contratos e securitização de alguns contratos de arrendamento. Em continuidade foram explanados pontos da Diretoria Administrativo-Financeira, representada pelo Diretor Indalecio Castilho Villa Alvarez. A Superintendente de Finanças, Camila Carvalho, apresentou alguns aspectos do Balanço Patrimonial e as projeções financeiras para o próximo exercício.

O Superintendente de Gabinete, Eduardo Machado, comentou sobre as tratativas da Companhia para marcação de Assembleia Geral Extraordinária para efetivação da redução de Capital. A apresentação foi finalizada pelo Assessor Alecssander Pereira, com a explanação do recente Plano de Redução de Despesas, desenvolvido em atendimento ao Conselho de Administração, e que vem sendo acompanhado de perto pela Diretoria Executiva.

Ao fim do evento, houve manifestação positiva do Tribunal quanto às notáveis melhorias da gestão atual na companhia, que ressaltou, ainda, que foram atendidas todas as demandas por informações comerciais e financeiras necessárias à continuidade do trabalho de auditoria.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente