Em um mercado acirrado e com clientes exigentes, as empresas precisam estar prontas para enfrentar os desafios atuais e também futuros. A inovação aberta aparece como importante aliada para acelerar a evolução das organizações, especialmente no contexto atual de pandemia. O papel da tecnologia open source como ponto para apoiar as jornadas de transformação digital das companhias foi o tema central do Red Hat Fórum 2020 – América Latina, evento organizado pela Red Hat, Inc., líder global no fornecimento de soluções open source, que aconteceu na última terça-feira (22).

 

Com mais de 10 mil inscritos e cerca de 5 mil participantes live em sua primeira edição completamente online, o Red Hat Fórum apresentou e debateu as últimas tendências do setor, como nuvem híbrida, containers, infraestrutura e segurança. Sob o tema “From here, anywhere” (‘Daqui, para todo o lugar’, em tradução adaptada ao português), o evento também abordou temas relevantes para o mercado, como a diversidade nas empresas, e mostrou como o open source tem apoiado a mudança em setores chave da economia, como o financeiro, telecomunicações, health e serviços. O impacto das tecnologias abertas na sociedade e suas contribuições com a comunidade também foram destaques das apresentações.

 

Ponte para o futuro

O Fórum foi aberto pelo VP da Red Hat América Latina, Paulo Bonucci, juntamente com Ana Paula Assis, gerente geral da IBM para a América Latina, e trouxe uma mensagem muito clara sobre a visão da Red Hat em relação ao futuro do mercado de nuvem híbrida aberta. “As tecnologias abertas possibilitam uma inovação muito mais rápida e precisa graças à colaboração entre aqueles que têm objetivos em comum", afirmou Bonucci.

 

 

Para Thiago Araki, líder dos especialistas de produtos da Red Hat América Latina, a “nuvem híbrida aberta permite que as empresas sejam mais ágeis e flexíveis para abordar as novas situações de mercado, uma vez que assegura a consistência e a segurança que as organizações necessitam”.

 

Inovação na prática

A pandemia trouxe à luz a relação entre a tecnologia e o setor da saúde. Nos últimos meses, diversas iniciativas mostraram que a área já vinha pavimentando a transição digital. “Estamos trabalhando em nosso amadurecimento digital desde 2018, com mudanças nos processos de cultura, adoção de tecnologias e novas ferramentas, como o Red Hat OpenShift, com um enfoque voltado para frameworks agile, microsserviços e amplificação da companhia”, explicou Manoel Vaz, CTO do Grupo Fleury.  

A evolução do setor financeiro também ganhou destaque, com a recente liberação do PIX, sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central. “Em um mundo onde mensagens, vídeos e notícias são instantâneos, os pagamentos precisavam acompanhar essa mudança. Em nossa visão, a chegada do PIX abre, por um lado, uma enorme oportunidade de oferta e conveniência aos clientes e, por outro, a possibilidade do setor bancário reduzir o translado e os gastos com o transporte de recursos em espécie”, pontuou Leandro Vilain, diretor de Inovação, Produtos e Serviços da Febraban.

Para Wylson Harley, líder de arquitetura corporativa do Bradesco, a transformação do setor financeiro com o novo modelo traz certa complexidade. “O PIX vai colocar nosso sistema financeiro em um patamar diferenciado, permitindo uma democratização e a entrada de novos players. Esse movimento traz um desafio técnico para as instituições, mas impulsiona também uma evolução de controle e governança do sistema, com a adoção de tecnologias que ajudam a manter a estabilidade e prevenir fraudes”, afirmou.

Outro tema relevante para a jornada das organizações rumo à transformação digital, a cultura aberta foi ponto focal do Fórum. A Red Hat disponibilizou uma grande quantidade de entrevistas, conversas e conteúdos sobre o tema. O público pode conhecer mais sobre as comunidades de desenvolvimento, a liderança feminina, os Open Innovation Labs, a sinergia entre negócios, saúde e tecnologia, CO.Lab e Open Source Stories, entre outros. O evento também marcou o lançamento oficial da plataforma “Command Line Heroes” em espanhol, o bem-sucedido podcast da Red Hat que já está disponível para usuários da América Latina.

 

Todo o conteúdo apresentado no evento está disponível para acesso on-demand. Basta acessar Red Hat Forum 2020 Latin America

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente