Todos estamos esperando a liberação dos eventos, mas quando os eventos serão liberados, finalmente?

Fornecedores de eventos foram altamente impactados pela pandemia do coronavírus. isso porque o setor de eventos foi o primeiro a parar e está na lista dos últimos a retornar as atividades.

O último sábado tranquilo para quem vive de eventos foi o dia 14 de março de 2020, de lá pra cá todos acordam se perguntando quando haverá liberação dos eventos.

Rapidamente as primeiras medidas foram recomendar a não realização e na sequẽncia a proibição de confraternizações sociais, pois não se sabia muito sobre o vírus sars-cov-2.

Subsetores de eventos mais afetados com a pandemia do coronavírus

Alguns subsetores foram e continuam sendo mais afetados do que outros, dentro do setor de eventos. Isso porque as liberações parciais estão permitindo que empresas se adaptem e sirvam algum tipo de serviço aos clientes.

Por exemplo, espaços de casamento já podem realizar pequenas cerimônias, com poucas pessoas e mantendo o distanciamento físico. Somente em áreas internas, bem ventiladas. Isso é fato enquanto escrevemos esse artigo em setembro de 2020.

Contudo é preciso lembrar dos nossos amigos DJ’s, profissionais de montagem de pista de dança, que nada podem fazer, pois não está permitido pista de dança. Como sobrevivem nessa pandemia?

Alguns colegas estão vivendo de lives, mas o que não é financeiramente viável a longo prazo.

Fotógrafos se adaptaram e fazem ensaios família, ensaios ao ar livre, conseguirem driblar melhor a crise que afeta o setor de turismo, talvez sejam os profissionais que mais possuem alternativas.

Fotografar em estúdio está permitido, editar fotos, realizar ensaios ao ar livre, são ótimas atividades que garantem o sustento de milhares de fotógrafos de eventos.

Sendo assim os subsetores de eventos mais afetados são:

DJIluminaçãoSomBartendersBuffetsCelebrante de casamentoMestre de cerimôniasEspaços de casamento

Os menos afetados, aqueles que continuam trabalhando parcialmente são:

  • Fotógrafos
  • Assessoras de casamento
  • Advogados de eventos

Previsão de liberação dos eventos sociais

De acordo com o governo do estado de São Paulo em fevereiro de 2021 as vacinas estarão sendo distribuídas, e hoje todos estão trabalhando com essa data.

A orientação para noivas e noivos é que, se querem pista de dança e festa liberada no casamento, que agendem para o segundo semestre de 2021, pois até lá é provável que as autoridades não liberem os eventos como eram antes.

Muitos especialistas acreditavam que os eventos seriam liberados agora em setembro de 2020, o que já traria um grande impacto social e econômico em todo mundo.

Mas essa projeção, misturada com o anseio de milhões de pessoas, não se realizou.

Estamos em setembro de 2020 e apenas alguns setores da economia voltaram a atividade parcialmente, outros deveriam estar atuando parcialmente mas estão trabalhando à todo vapor, ignorando as medidas de prevenção contra o vírus.

Adiamento dos casamentos

Muitos casais já estão adiando tudo para 2022 pois está difícil encontrar datas livres entre todos os fornecedores, sonhados, para 2021.

Um solução alternativa é a realização de um mini casamento em 2020, ou em 2021, para comemorar as bodas de casamento em 2022 com a tão sonhada festa de casamento, ops, de bodas.

Os casais que optaram por essas cerimônias intimistas estão realizando um casamento na praia no litoral norte de SP, com os familiares mais próximos, o círculo familiar mais restrito.

Em algumas praias já está liberado o casamento pé na areia, e como são poucos convidados os casamentos estão acontecendo durante o nascer do sol, um cenário maravilhoso e que garante o aproveitamento da blue hour, tão desejada pelos fotógrafos de casamento.

A blue hour é quando a iluminação é perfeita para a foto, o céu dá aquele efeito especial, a claridade nas pessoas está distribuída por igual, sem a incidência do sol, o que não faz muita sombra, mas ilumina e realça.

Além de que o nascer do sol na praia é mágico e encantador, emociona por si só.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente