Na última quarta-feira (28), Mario Povia fez sua primeira visita ao Porto do Rio de Janeiro desde que assumiu a Diretoria de Gestão Portuária da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ). O intuito do diretor é conhecer melhor as instalações e os terminais portuários, bem como se aproximar dos operadores, visando estabelecer uma agenda positiva e um canal de diálogo.  

No prédio administrativo do porto, Povia esteve em todas as áreas operacionais, incluindo o Centro de Comando e Controle de Segurança Portuária (CCCSP) e o Centro de Controle Operacional (CCO), além dos setores de Engenharia, Meio Ambiente e Segurança do Trabalho, e Tecnologia da Informação. 

 

Na ocasião, o diretor aproveitou para verificar as melhorias e necessidades da área de cais público do porto, bem como o trecho que será alfandegado. Ele também visitou cada um dos terminais arrendados – Pier Mauá, Terminal de Trigo do Rio de Janeiro (TTRJ), Triunfo Logística, MultiCar, MultiRio e ICTSI Rio, onde foi recepcionado pelos gestores das referidas empresas, que mostraram seus projetos e demandas. 

Ao se apresentar nos terminais, Mario Povia se colocou à disposição para trabalhar em parceria e afirmou que a atual gestão da CDRJ busca a melhoria contínua da infraestrutura do porto: “Estamos executando diversos projetos como a nova sinalização do Canal de Cotunduba, a implantação dos sistemas de calado dinâmico e VTMIS, o reforço estrutural do Cais da Gamboa, a repavimentação, a reforma do portão 32, entre outras necessidades que estão sendo tratadas para melhorar as condições do porto e auxiliar os operadores e arrendatários a atrair mais negócios, a fim de que tenhamos um crescimento conjunto.” 

Toda a visita do diretor foi acompanhada pelo assessor Abdalla Mansur; pelo superintendente de Gestão Portuária do Rio de Janeiro e Niterói, Leandro Lima; pelo superintendente de Engenharia, Roberto Catalão; e pelo gerente de Fiscalização de Operações, João Paulo Limenzo. Contou ainda com o apoio da Guarda Portuária. 

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente