O processo de planejamento envolve definir um plano de ações para atingir situação futura desejada

É oportuno o Webinar Semanal do Portogente (WSP), desta quinta-feira (22/10), para debater as “Novas relações dos arrendatários do porto desestatizado”. A possibilidade dessa nova modelagem suscitar reavaliação do atual modelo jurídico de arrendamento se traduz numa negociação, que a atual administração do porto não tem a qualificação necessária, sequer para mediar uma transição suave.

Webinar 22OUT2020 correto

Assista 
Webinar Perspectivas de Evolução do Porto de Santos: Novo PDZ e Estudos LPT/EPUSP

Tampouco existe homogeneidade de interesses dos arrendatários por conta dos tipos de produtos movimentados e suas demandas. Entretanto, compreender o funcionamento do modelo de administração implantado em uma instalação portuária e a sua maneira de operacionalização é um ponto comum a todos os arrendatários de áreas no porto. Em especial, entender o significado da tão propalada expressão mais Brasil e menos Brasília.

Editorial | Leia também
Descentralizar a gestão dos portos e romper amarras

Há décadas que o Porto de Santos carece de uma Autoridade Portuária alinhada com a sua comunidade e com o foco devido no custo logístico. Consequentemente, uma situação geradora de insegurança jurídica e imprevisibilidade nas ações da Autoridade Portuária. Como se assistiu recentemente nos projetos anunciados e calados por falta de consistência. O antídoto é conectar os membros das instituições representativas com interesses em jogo.

Leia mais 
BR do MAR no debate final

Com participação plural e representativa, a sala deste webinar (WSP) será uma oportunidade para fazer da mudança de paradigma, anunciada pela desestatização, uma oportunidade. A começar por tratar as limitações, hoje impostas de forma desiquilibrada pelo poder concedente. É um cipoal de questões que afetam a competitividade do produto nacional e provocam perda de oportunidade para investimentos. Isto precisa e pode mudar.

Editorial | Leia mais
Bairro portuário da Alemoa carece de governo

Para tanto, avulta o entendimento dessa complexa situação na construção de conclusões convergentes. Sem sombra de dúvida, e por tantas razões, mais uma vez a reforma portuária brasileira vai ser fundada no mais importante porto do Brasil. O Porto de Santos.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website

O que você achou? Comente