O Índice de Atividade Econômica do Banco Central do Brasil (IBC-Br) recuou 0,38% em agosto, na comparação com julho, segundo informações divulgadas nesta quarta-feira (18) pelo Banco Central.

O IBC-Br foi criado para tentar antecipar o resultado do Produto Interno Bruto (PIB). O PIB, calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é a soma de todos os bens e serviços produzidos no País e serve para medir a evolução da economia.

Os resultados do IBC-Br nem sempre se aproximam dos dados oficiais do PIB, pois o cálculo dos dois é diferente: o índice do Banco Central (BC) incorpora estimativas para a agropecuária, a indústria e o setor de serviços, além dos impostos. O indicador é uma das ferramentas usadas pelo BC para definir a taxa básica de juros do País.

No acumulado de janeiro a agosto, o indicador do nível de atividade registrou alta de 0,31% sem o ajuste sazonal, pois considera períodos iguais de tempo. Com o ajuste, o aumento foi de 0,42%.

No acumulado de 12 meses até agosto, porém, a prévia do PIB registrou queda de 0,89% (sem ajuste, a queda foi de 1,08%).

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website