Da Infraero

Brasília, 27 de setembro de 2011 - A Infraero iniciou uma campanha de conscientização sobre os riscos da proliferação de aves em espaços de tráfego aéreo no Aeroporto Internacional de Manaus/Eduardo Gomes (AM). Os trabalhos contam com o apoio do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes (Seripa), de órgãos estaduais de meio ambiente, de saúde e educação e de companhias aéreas. Uma das ações iniciais da mobilização foi realizada nesta terça-feira (27/9), com a visita de 40 estudantes do ensino fundamental ao Terminal amazonense para conhecer os fatores de risco aviário e medidas de prevenção.

Para a estudante Camila Santos de Lima, a visita foi interessante porque ofereceu a oportunidade de conhecer o aeroporto e  aprender que materiais rejeitados colocados em local errado atraem aves, que podem colidir com aeronaves e até provocar acidentes aéreos. “Quando jogamos o lixo em qualquer lugar, prejudicamos o meio ambiente e colocamos em perigo a vida de outras pessoas”, afirmou.
 
As atividades de conscientização da campanha abordam temas como os riscos causados pelo depósito inadequado de lixo, que gera focos de atração de aves, como urubus, e os prejuízos ao tráfego aéreo, aos moradores de áreas próximas ao aeroporto e aos usuários do transporte aéreo.
 
Na campanha, serão realizadas palestras e distribuídas cartilhas sobre o assunto em instituições de ensino municipais e estaduais próximas ao aeroporto. As palestras serão ministradas por profissionais da Infraero e da comunidade aeroportuária para alunos e professores de turmas do ensino fundamental e médio. Também serão feitas caminhadas de estudantes nas comunidades do entorno do Eduardo Gomes, em que serão abordadas as questões levantadas pela campanha. Além disso, integrantes da Comissão de Prevenção do Perigo Aviário e a equipe do Grupo de Trabalho em Educação Ambiental (GTEA), que coordenam as atividades, visitarão as feiras livres de Manaus para informar os comerciantes e visitantes sobre hábitos em educação ambiental para minimizar a atração de aves.
 
Segundo o superintendente do Aeroporto de Manaus, Aldecir de Oliveira Lima, o trabalho de conscientização sobre o tema é fundamental. “Sem o apoio da comunidade, o nível de atração de aves continuará aumentando. O entendimento claro do papel de cada um nos esforços de redução do perigo aviário trará avanços significativos no combate ao risco aviário, proporcionando mais segurança aos usuários do sistema aéreo”, enfatizou.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O que você achou? Comente