Da Infraero

Brasília, 14 de novembro de 2011 - O Aeroporto Internacional de Campo Grande (MS) e o Aeroporto de Goiânia/Santa Genoveva (GO) realizaram na última sexta-feira (11) a entrega dos certificados de conclusão de cursos oferecidos a adolescentes nos projetos sociais desenvolvidos por aqueles aeroportos. 
 
Em Campo Grande, 60 jovens receberam o diploma em cursos básicos de informática do projeto “Araraúnas na Pista da Informática”. Os adolescentes, que têm entre 13 e 18 anos, são moradores de bairros vizinhos ao aeroporto e assistiram a 120 horas de aulas durante quatro meses. O curso também contemplou oficinas de cidadania, envolvendo temas sobre educação ambiental, saúde, qualidade de vida, cultura, turismo, esporte, lazer, assim como atividades voltadas para o aeroporto. As aulas são realizadas dentro do Terminal, em espaço cedido pela Infraero.
 
Durante a solenidade de entrega dos diplomas, o superintendente do aeroporto, Evandro Leite, ressaltou a importância da capacitação profissional para os jovens: “Essa é uma oportunidade única de se preparar para o mercado de trabalho. Os conhecimentos recebidos durante o curso devem ser valorizados”, afirmou. 
 
O projeto “Araraúnas na Pista da Informática” é realizado anualmente desde 2002 e é desenvolvido pela Infraero em parceria com a Prefeitura Municipal de Campo Grande, Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.  
 
Goiânia
 
No Aeroporto de Goiânia, 25 estudantes participaram da formatura da 30ª turma do projeto “Primeiros Passos”. As aulas, realizadas desde setembro, ofereceram conteúdos variados como administração pessoal, informática e cidadania, todos voltados para a formação dos jovens para o mercado de trabalho. 
 
A cerimônia de formatura contou com a presença do gerente de Operações e superintendente em exercício, Juliano de Castro, do coordenador de Administração e Finanças, Ilmar Martins, e da secretária Municipal de Educação, Neyde Aparecida.
 

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O que você achou? Comente