Ministério da Defesa e Infraero

O Aeroporto de Teresina/Senador Petrônio Portella (PI) realizou uma ação diferente de conscientização da comunidade sobre os riscos de empinar pipas às operações do terminal. Na última sexta-feira (1º/2), cerca de 60 crianças e jovens de comunidades no entorno do aeroporto participaram da "Campanha Diversão Segura", que trouxe atividades de recreação e palestras educativas para os presentes. Na ação, as crianças receberam ioiôs, balas e pirulitos e assistiram a uma apresentação sobre como a atividade de empinar papagaios pode afetar as operações aeroportuárias. Os brinquedos podem ser engolidos por turbinas e danificá-las, expondo ou pousos e decolagens aos riscos de acidentes. Além disso, a utilização de cerol - mistura de cola com vidro moído, de proibido por lei - nas linhas das pipas pode danificar a fuselagem das aeronaves. Além disso, a atividade ainda destacou lugares seguros para a brincadeira e os riscos de pular o muro do aeroporto. A ação terá continuidade ainda em fevereiro: no dia 21, foi marcado um campeonato de ioiô com os jovens que participaram da atividade de sexta-feira. Os 20 primeiros colocados receberão uma medalha e conhecerão de perto o aeroporto, incluindo áreas como a Seção Contra Incêndio, a torre de controle e o interior de uma aeronave.  “A ideia da campanha é despertar o interesse dos jovens em relação às operações do aeroporto. Com a iniciativa, buscamos incentivar as crianças a agir como multiplicadoras de conhecimento para a prevenção de acidentes na comunidade”, destacou Isabel Ribeiro, gerente de Operações e Segurança de Teresina.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
O Aeroporto Internacional de Fortaleza/Pinto Martins (CE) iniciou nesta semana uma campanha educativa sobre os riscos de soltar pipas em áreas próximas aos terminais e também sobre o perigo aviário. A primeira ação, realizada na terça-feira (22/1), foi feita por meio de visitas às casas vizinhas ao aeroporto. Os coordenadores de segurança operacional, meio ambiente da Infraero, além de técnicos da Universidade de Brasília (UnB) conversaram com os moradores e distribuíram folhetos explicativos.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
O Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão – Antonio Carlos Jobim (RJ) iniciou nesta quinta-feira (10/1) as operações da nova área do terminal de passageiros 2. Nesse novo espaço, passaram a atender as empresas American Airlines e Delta. A angolana TAAG também passará a operar no local já na próxima semana.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
O Aeroporto do Rio de Janeiro/Santos Dumont (RJ) concluiu as obras de reforma da Seção Contra Incêndio (SCI). Os trabalhos, que seguiram por cerca de quatro meses, receberam investimentos de R$ 231 mil da Infraero. A SCI funciona como base dos bombeiros de um aeroporto, que atuam no local em caso de salvamento e de combate a incêndios, abrigando também os veículos e demais equipamentos necessários à atividade.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s
A Infraero inaugurou na quarta-feira (5/12) o novo Posto Avançado Contra Incêndio (Paci) do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão – Antonio Carlos Jobim (RJ). O investimento para a instalação da nova estrutura foi de R$ 374 mil.
 
O espaço possui dois Caminhões de Combate a Incêndio (CCI) e seis bombeiros de aeródromo para reforçar a segurança das operações aeroportuárias do terminal carioca, além de uma estrutura completa para o alojamento dos funcionários. Com isso, o Galeão passa a ter três Postos Avançados Contra Incêndio.
 
O superintendente do Galeão, Emmanoeth Vieira de Sá, pontuou a importância da nova estrutura. “O novo posto atende plenamente o tempo de resposta desejado em caso de emergência em ambos os sistemas de pistas e pátio do Galeão. A estrutura fornece a infraestrutura necessária para o bom funcionamento das operações dos bombeiros de aeródromo e possui uma localização estratégica”, destacou.
0
0
0
s2smodern
powered by social2s