Opinião

Por Mirian Teresa Pascon, coordenadora Jurídica da De Biasi Auditores Independentes

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
Escrito por Alfredo Bonduki, engenheiro formado pela Escola Politécnica da USP, é empresário e presidente do Sinditêxtil-SP

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
Nunca o cenário da iluminação pública ficou tão evidente quanto agora, perante as discussões levantadas pelo artigo 218 da Resolução Normativa nº 414, publicada pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). O trecho comenta que as distribuidoras de energia, atualmente responsáveis pela iluminação pública dos municípios, devem transferir essa responsabilidade para as prefeituras. Assim, cada cidade irá realizar, entre outras atividades, a operação e a reposição de lâmpadas, de suportes e chaves, além da troca de luminárias, reatores, relés, cabos condutores, braços e materiais de fixação. Esse serviço pode ser repassado para empresas terceirizadas, especializadas em sistemas, projetos e soluções e que se interessam pela gestão, por meio de licitações.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
Por Reginaldo Gonçalves, coordenador do curso de Ciências Contábeis da Faculdade Santa Marcelina - FASM

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
O último debate entre Lula e Collor, em 1989, manipulado pela TV Globo para favorecer a candidatura Collor, mudou o rumo da história. A edição tendenciosa virou objeto de estudo nos cursos de Comunicação e Política. Numa disputa acirrada, o peso da mídia pode ter mudado o resultado das urnas.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente