Aumento de 30% na utilização do espaço deve vir acompanhado de geração de trabalho. Complexo responde hoje por 400 empregos diretos e indiretos

Até o final deste ano, 1.215 feiras devem ser realizadas no Brasil. Para 2020, as perspectivas são ainda mais animadoras. Com 1.514 eventos fechados, o setor prevê um crescimento de 24,6%. Somente o Estado de São Paulo participa com 663 feiras. Um dos maiores espaços multiuso para eventos do interior paulista, o Expo D. Pedro, em Campinas, vem somar às projeções do próximo ano um aumento de 30% na utilização do seu espaço. Com isso, a previsão é criar 120 postos de trabalho. Hoje, o Complexo responde por 400 empregos diretos e indiretos.

expo d pedro

Com grande parte da agenda já fechada para o próximo ano, o Expo D. Pedro aposta na solução integrada para receber desde eventos para 50 pessoas até feiras e convenções para 10 mil participantes. Além da locação dos espaços em sua área de 13 mil m2, oferece, entre outras comodidades, parceria com as redes hoteleiras da região, serviços de buffet, transporte, mídia, equipamentos, descontos em lojas do Parque D. Pedro Shopping, estacionamento seguro ao preço de R$ 10,00 e localização privilegiada.

Neste conceito de solução integrada, o Complexo gera 400 empregos diretos e indiretos. Com o aumento na utilização do espaço, projetado para o próximo ano, também se contempla a geração de emprego. “Em 2020, a oferta deve ser ampliada em 120 novos postos de trabalho”, afirma Graziela Solís, gerente comercial e de marketing do Expo D. Pedro.

Algumas profissões e funções devem ser beneficiadas com a realização de feiras e eventos. “Neste ramo, há boas oportunidades para bombeiros, seguranças, fotógrafos, videomakers, profissionais que atuam em buffets, nos serviços da cadeia hoteleira, entre muitos outros”, observa Graziela.

Desde 2014, quando iniciou as atividades, o Expo D. Pedro tem a sua estrutura destinada a eventos de diversos formatos e portes. O Centro de Convenções conta com sete auditórios modulares e sete salas de apoio. “Recebemos feiras, eventos corporativos, religiosos, formaturas, palestras, congressos e shows com espaços modulares e capacidade que pode variar de 50, 100, 300 até 2 mil pessoas sentadas em nosso Centro de Convenções”, diz a gerente. O Centro de Exposições, com 7 mil m2 de área totalmente horizontal, comporta até 10 mil pessoas volantes, informa Graziela Solís.

Além da versatilidade do espaço, com seus vários ambientes modulados, o Complexo prima por segurança dos usuários e comodidade de acesso pela Rodovia D. Pedro I, que acabou de ser eleita a melhor do Brasil pela pesquisa rodoviária da Confederação Nacional do Transporte (CNT).

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s