Reestruturar a força de trabalho é a estratégia que vem sendo adotada por muitas empresas para enfrentar a turbulência econômica que assola o Brasil. Esse fenômeno atinge também a área de logística e cresce a pressão por eficiência no desempenho do planejado.

Leia também
Sindicalista avalia dois anos da nova lei dos portos brasileiros 
Curso online gratuito Comércio mundial

Na busca de uma saída convém pensar as atividades das empresas do setor logístico como um sistema produtivo, de entradas e saídas de mercadorias. Assim, elas podem ser tratadas em termos de prazos, capacidade de produção para atender aos seus clientes e como a relação da quantidade de produção por unidade da totalidade dos fatores capital e trabalho, com a qualidade que o mercado exige.

Nisso não há mágica. Para garantir que a empresa atinha o objetivo de produzir com qualidade e produtividade é preciso planejar e controlar a produção. E, desse modo, transformar a crise em oportunidade.

Entretanto, na busca por eficiência e agilidade para aumentar a capacidade competitiva, não basta a empresa comprar os mais modernos sistemas de processamento de dados e os mais sofisticados equipamentos de movimentação de carga. Pois, esses bens de capital apenas podem ser eficazmente usados e mantidos por trabalhadores qualificados e treinados. Como nos ensina o guru brasileiro da gestão, Vicente Falconi, existe uma relação direta entre conhecimento praticado na organização e o nível de resultados que é atingido.

O Planejamento e Controle da Produção (PCP) consiste em um processo utilizado no gerenciamento das atividades de produção. Trata-se de um sistema de gerenciamento dos recursos operacionais de produção de uma empresa, com funções envolvendo planejamento (o que e quando será produzido), programação (recursos utilizados para a operação, com início e término de todo o fluxo de trabalho) e controle (monitoramento e correção de desvios da produção).

Ao ser aplicar o PCP à logística como um todo convém subdividi-la da em logística da produção e logística de suprimentos e distribuição. A logística de produção acompanha o fluxo do pedido desde o Plano-Mestre da Produção (MPS) através dos pedidos. Na Logística de Suprimentos e Distribuição abordam o planejamento e a programação envolvidos no acompanhamento do fluxo de produtos entre a empresa e seus parceiros, fornecedores e clientes externos. Quem estiver interessado em fazer um curso de PCP, com qualidade e sem custo, pode encontrá-lo na Escola Virtual Portogente.

Em última análise, como também nos ensina o mestre Vicente Falconi, a vitória de uma empresa é uma das maiores fontes de motivação humana. E prossegue, falhamos porque: não colocamos metas certas, não fazemos bons Planos de Ação e não executamos bem os Planos de Ação. Sem sombra de dúvida, qualificar e treinar trabalhadores alinha talentos humanos às estratégias empresariais para alcançar bons resultados.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O que você achou? Comente