Produtores de milho dos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e do Distrito Federal serão beneficiados com dois leilões, quarta-feira (6), para escoamento de 540 mil toneladas do produto.

                                        Imagem

Leia também

Aparelhamento sem fim na Docas do Rio e um novo modelo para os portos brasileiros

Prioridade à armazenagem de grãos

Um leilão será de Prêmio para Escoamento de Produto (PEP) para 177 mil toneladas de milho safras 2016/17 e 2017. O PEP é um prêmio concedido ao arrematante que adquire e transporta o produto especificado nos editais, onde são definidos a origem e o destino da mercadoria, conforme o preço fixado pelo governo. O grão deve ser comprado diretamente do produtor rural ou cooperativa.

Outra operação será Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) pela venda e escoamento de 363 mil toneladas. O Pepro é concedido ao produtor que se disponha a vender o produto pela diferença entre o valor de referência estabelecido e o valor do Prêmio Equalizador arrematado. É lançado quando o preço de mercado está abaixo do preço mínimo.

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

O que você achou? Comente