O Costa Smeralda, novo mega navio da Costa Cruzeiros a ser entregue em 2019, será movido por Gás Natural Liquefeito (GNL). A embarcação integra o plano de construção de sete novos navios movidos por GNL da Carnival Corporation & PLC, a maior companhia de cruzeiros do mundo, que detém a Costa Cruzeiros e mais nove marcas.

                                       Imagem

Leia também

Ministro Quintella acompanha Temer em NY e Paranaguá celebra certificação ambiental

Com mais de 180 mil toneladas, 2.600 cabines e capacidade para cerca de 6.600 passageiros, o navio tem nome alusivo ao Consórcio Costa Smeralda, que promove a principal área turística da Sardenha, a região da Costa Esmeralda, na Itália.

O segundo navio da Costa movido por GNL será entregue em 2021. Os dois serão construídos no estaleiro Meyer, em Turku, na Finlândia, e serão alimentados tanto no porto como no mar aberto pelo GNL a ser armazenado em tanques especiais para gerar 100% da energia necessária, tanto para a navegação quanto para os serviços a bordo.

O uso do GNL é uma inovação em termos de impacto ambiental, reduzindo as emissões de gases de escape, como o enxofre (SO2), nitrogênio (NO2), gás carbônico e partículas.

Segundo Neil Palomba, presidente da Costa Cruzeiros, os dois novos navios serão os primeiros navios movidos a GNL do mundo comercializados para turistas de diversos países da Europa, incluindo Itália, França, Espanha, Alemanha e Suíça: “Os novos navios também terão serviços únicos e um design de interiores de última geração, representando fielmente nosso conceito italy´s finest”.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s