Maior operadora ferroviária do Brasil, a Rumo Logística pleiteia a prorrogação da concessão de trechos ferroviários junto ao Governo Federal. Um exemplo é a Malha Paulista, cuja solicitação já foi aprovada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), mas que ainda requer autorização do Tribunal de Contas da União (TCU). No entanto, a diretoria da empresa precisa assumir a responsabilidade de ainda não ter concluído a construção da cobertura do terminal de açúcar da companhia no Porto de Santos, obra que seria viabilizada conforme empréstimo obtido junto ao Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Segundo esclarecimentos feitos pela assessoria de comunicação da Rumo ao Portogente, o valor financiado foi integralmente devolvido ao banco público federal em março deste ano.

portodesantos rumologistica
Operação realizada no porto santista - Foto: site Rumo Logística

É importante recapitular os fatos. A Rumo, braço logístico da sucroalcooleira Cosan, anunciou em 2011 que iria cobrir seus terminais no Porto de Santos para permitir o carregamento do açúcar em dias de chuva, evitando paralisações nas operações. A iniciativa, considerada inédita no País, deveria agilizar os embarques de açúcar no principal porto da América Latina. A fila de navios no complexo portuário santista, com a forte demanda internacional, chegou a se aproximar de 100 embarcações em um só dia. Até hoje, entretanto, não se vislumbra no horizonte a implantação da cobertura.

O prazo de exploração da Malha Paulista pela Rumo termina em 2028 e o contrato assinado prevê uma prorrogação por mais 30 anos. A empresa aguarda uma posição do TCU a respeito, mas a antecipação da renovação, é essencial ressaltar, está vinculada à construção dessa "garagem de navios".

A empresa tem estado nos holofotes do noticiário nas últimas semanas. O presidente do conselho de administração da Rumo, Rubens Ometto Silveira Mello, recebeu em agosto o título de cidadão emérito de Santos, cidade que abriga o principal porto brasileiro. Ele também é, até o momento, o maior doador a campanhas políticas nas Eleições 2018, tendo depositado, como pessoa física, mais de R$ 6 milhões nas contas de 50 candidatos.

 

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s