Sem explicar ainda por que pagou R$ 18 milhões pelos quase R$ 5 milhões aprovados dos valores reclamados pela Dragabrás, referentes à dragagem do canal do Porto de Santos, a diretoria da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) retaliou o engenheiro que não quis assinar essa conta absurda. Na sexta-feira, 13 de julho, foi trocado o gerente da dragagem.

Draga 02JUL2018

Além de uma tática intimidadora de punir quem não reza na cartilha deles, esse tipo de arbitrariedade pode atingir dimensões graves, na medida que perverte conceitos tecnológicos, científicos e causa prejuízos ao Brasil. Não dá para imaginar, nos dias de hoje, pretender demandar ao profissional abdicar da sua formação ética e acadêmica da boa engenharia, para aprovar pagamento justificando conta que não fecha e passando por cima da lei.

Leia mais
Dezoito milhões de reais da dragagem do Porto de Santos ainda sem explicação

O Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (SEESP), o Conselho Regional de Engenharia e os políticos comprometidos com a transformação dos portos brasileiros são chamados a agir na apuração dos fatos e exigir justiça. Esses desatinos são intoleráveis, precisam de um basta e de serem julgados com o máximo rigor. Apesar da astenia do ministro tampão dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MTPA), ele tem obrigações de ofício e político de evitar mais lama sobre o Porto de Santos.

Tabela Draga JUL2018

Fluxograma JUL2018

E fica mais eloquente a retaliação se estiver relacionada com o novo contrato de dragagem com a centenária empresa holandesa Van Oord. Há indícios de que não foi realizado o levantamento hidrográfico prévio que garante precisão ao cálculo dos sedimentos dragados. E sem essa etapa, é impossível pagar corretamente o serviço executado. E nem tampouco certificar o seu pagamento

O MTPA é comandado pelo Partido da República (PR) do Valdemar da Costa Neto, com o braço longo de Tadeu Candelária, como presidente. O inexpressivo ministro Casemiro parece não ter percebido ainda a gravidade dos fatos na dragagem no Porto de Santos, extensão do seu ministério. Está mais do que na hora de substituir toda esta diretoria da Codesp. Antes que outro poder o faça.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website