A Autoridade do Porto de Rotterdam trabalha para garantir que o porto e seus arredores permaneçam seguros, saudáveis e atraentes. A segurança é nossa prioridade número um no porto

O navio com contêineres da Hamburg Süd que colidiu com a estação de balsas no Porto de Santos, no dia 20 de junho último, poderia ter provocado uma tragédia. Nesse atracadouro são carregadas e descarregadas balsas com capacidade para 50 veículos de passageiros, na travessia entre as cidades de Santos e Guarujá, no litoral paulista. A colisão aconteceu justamente no domingo, quando ocorrem os fluxos mais intensos.

Acidente balsa JUN2021 7 

Leia Editorial 
Deputada tem a palavra do ministro de construir o túnel submerso no Porto de Santos

Uma travessia a seco ligando essas duas cidades margens do Porto é uma promessa centenária, com muitos projetos anunciados, sem ter havido, todavia, algum progresso. Segregar o trânsito do porto e das cidades é um parâmetro imperativo mundialmente. Tanto na visão da sustentabilidade, quanto da produtividade. O ministro da Infraestrutura garante a construção desse túnel submerso, com ampla mobilidade, incluindo o Veículo Leve sobre Trilhos – VLT.

Da Redação 
Acidente na travessia Santos-Guarujá reforça a necessidade de construção de túnel

Acidente balsa JUN2021 6

A causa da colisão do navio ainda não foi devidamente apurada. Todavia, sendo ela fortuita ou culposa, ambas as situações devem ser refletidas, para serem garantidas margens de segurança no porto mais movimentado do Brasil. Esse fluxo urbano cruzando a intensa rota de navios demonstra que a infraestrutura do porto é deficiente. Apesar de a engenharia brasileira ter competência para implantação desse túnel submerso. Faltam visão e gestão.

Leia também 
Distrito portuário ameaça a cidade e o Porto de Santos

Acidente balsa JUN2021 8

Não paira dúvida de que a construção do túnel deve ser incluída como obrigação do contrato de privatização dos acessos ao porto. Ademais, convém que o ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas conheça as linhas do projeto Santos 2050. Trata-se de uma conceituação inovadora da infraestrutura, logística e dos transportes, e que inclui essa travessia a seco na estratégia para dobrar a atual movimentação de mercadorias em 30 anos.

Leia mais 
Santos 2050 é presente e futuro planejados

Daí resultará um projeto de logística portuária ágil, com planejamento, infraestrutura e tecnologia. Paralelamente, haverá em consequência, uma mudança decisiva na maneira de construção das cidades portuárias para as pessoas.

Assista ao vídeo
Conheça o túnel imerso - Proposta de ligação seca entre Santos e Guarujá

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website

O que você achou? Comente