Campos discursa na tribuna do Senado - Foto: Agência Senado

A República brasileira estremeceu nesta terça-feira (11). Enquanto dezenas de milhões de desempregados (e outras dezenas de milhões de empregados endividados) se esforçam para sobreviver, 74 autoridades do "alto clero" passaram a ser investigadas pela Procuradoria Geral da República (PGR). Os políticos listados são acusados por crimes como corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro. Como se não fosse suficiente, é esperado que o ex-senador Luiz Otávio Campos seja nomeado o próximo secretário de Portos por Michel Temer. Ele é alvo da Lava-Jato na apuração de fatos sobre desvios nas obras da usina de Belo Monte, no Pará. Campos também já foi acusado de envolvimento em desvio de US$ 13 milhões para a construção de balsas durante o governo Fernando Collor de Mello, mas recorreu e o caso, prescrito, acabou sendo arquivado.

Mudou de novo - Já que o panorama de Brasília é de desconfiança, o universo logístico deposita suas esperanças na Portaria 311 do Ministério dos Transportes, publicada nesta quarta (11) no Diário Oficial da União. O documento confirma a intenção de descentralizar a gestão das Autoridades Portuárias, anunciada pelo ministro Maurício Quintella na última semana. Com o poder de decisão transferido para as regiões onde os portos estão instalados, será possível aprimorar os serviços oferecidos conforme as características da região e aumentar a competitividade dos produtos de sua hinterlândia para o comércio internacional. Para definir as regras que irão alterar a Lei 12.815, será constituído um Grupo de Trabalho para normalizar como serão as regras da gestão das companhias docas.

Nordeste líder - A importação de mercadorias está permitindo que o Porto do Pecém, no Ceará, continue ampliando as suas operações e buscando ser referência no Atlântico Norte do País. O total de 4.176.903 toneladas movimentadas no primeiro trimestre de 2017 é fator de comemoração para a administração do complexo portuário. O objetivo é melhorar estes números com a operação da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), que tem capacidade anual de produzir 3 milhões de toneladas de placas de aço. A safra de frutas frescas, que começa em agosto e já conta com uma nova linha de transporte para o Porto de Antuérpia, na Bélgica, é um trunfo para os administradores cearenses.

Novidade - O início do funcionamento do despacho de envio de mercadorias ao exterior por meio de Declaração Única de Exportação (DU-E) está reduzindo a burocracia e a complexidade dos profissionais que trabalham com comércio exterior. A produção de softwares que atendem a esse processo também foi facilitado. O gerente de Vendas e de Marketing da Bysoft, Thiago Furtado, avalia que o processo brasileiro será similar a de outros países e evitará ser "refém da burocracia", facilitando fechar negócios com outros países. O novo sistema irá diminuir o tempo de avaliação dos dados, facilitando o desembaraço da carga e a movimentação de mercadorias.

Mercadorias vencedoras - O Terminal de Contêineres de Quetzal, na Guatemala, administrado pela APM Terminals, recebe nesta semana o navio CSAV Traiguen, a maior embarcação que já atracou no país da América Central. Os pequenos exportadores comemoram a possibilidade de ampliar a exportação de pescados, frutas e algodão para os Estados Unidos e, via República Domincana, para os portos da Europa Mediterrânea. Navios com maior capacidade proporcionam menores custos e logística mais adequada para os exportadores gualtematecos.

Novas conexões - Os portos africanos na costa do Oceano Atlântico se movimentam para receber os grandes e modernos navios que passam a fazer uma rota ligando às Américas e ao Oeste europeu. A primeira fase de obras do Porto de Águas Profundas do Caio, em Angola, deverá será concluída até o final do próximo ano. A expectativa é que sejam gerados 30 mil postos de trabalho, diretos e indiretos, além de reduzir os custos dos produtos fabricados em território angolano. As principais conexões serão com os portos de Matadi (República Democrática do Congo), Ponta-Negra (Congo Brazzaville) e Luanda (Angola).

Mercadoria mexicana - Recém inaugurado, o Porto de Lázaro Cardenas, no México (administrado pela APM Terminals), já comemora a movimentação de contêineres e anuncia ao mercado redução de tempo e de custos e se vangloria de sua tecnologia de ponta.

Locomoção entre amigos - O canal da Webmotors publicou um fantástico vídeo sobre mobilidade urbana. Em um país onde foram criadas algumas das principais empresas automobilísticas do mundo (Alemanha), a população mostra - incluindo brasileiros que moram no país europeu - que é possível se dividir entre o transporte individual e o coletivo.

 

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s