• A autarquia viculada ao estado do Rio Grande do Sul recorreu das penalidades, mas os pedidos de reconsideração foram negados em votação durante a 454ª Reunião Ordinária da diretoria colegiada da Antaq, realizada no dia 19 de dezembro de 2018, e agora o poder público local terá que arcar com o prejuízo.

  • Um acordo de compras foi assinado entre os estados integrantes do Mercosul permitindo que empresas brasileiras, argentinas, paraguaias e uruguaias possam participar de licitações públicas nos quatro países, em condições de igualdade.

  • A diretoria da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), Autoridade Portuária do Porto de Santos, enviou nota oficial em resposta ao editorial do Portogente publicado, no dia 23 de maio último, com o título "Dragagem emergencial do Porto de Santos: imprópria e prejudicial". Segue a transcrição, na íntegra, do comunicado

  • Para evitar suspeitas de negociata imputadas quase sempre aos contratos imperfeitos de empresas estatais, convém suspender o Pregão Eletrônico 34/2018 para contratação de serviços especializados de limpeza geral e destinação final de resíduos gerados no Porto de Santos (SP).

  • Três áreas e infraestrutura públicas portuárias serão leiloadas a partir de junho, como as primeiras licitações do programa de concessões e privatizações do Governo Federal em portos este ano. Os contratos de exploração são de 25 anos, prorrogáveis por até 70.

  • O Esquenta WebSummit Portogente 2017 apresenta nesta quarta-feira (04) uma breve análise dos impactos da publicação do Decreto 9.048/2017 nas atividades da Agência Nacional dos Transportes Aquaviários (Antaq), realizada pelo diretor-geral da instituição, Adalberto Tokarski