A crise do novo coronavírus trouxe uma série de desafios para os empreendedores de todos os tipos e segmentos. Um exemplo disso é a dificuldade de saber como vender em época de pandemia.

Isso porque a pandemia tem diminuído um pouco a demanda normal do público consumidor. Além disso, as empresas que não tem participação na Internet estão com baixo número de vendas pois os consumidores não estão saindo de casa.

O resultado desse cenário foi a maior queda de vendas no comércio em 20 anos. No entanto, é possível aprender como vender em época de pandemia? É sim! Descubra como a seguir!

Aprenda como vender em época de pandemia com a Internet

A resposta para a queda de vendas na pandemia tem sido majoritariamente a Internet. Prova disso é o fato de que é esperado que o setor de e-commerce alcance o faturamento de R$100 bilhões neste ano.

Por isso, quem quer aprender como vender em época de pandemia precisa, na verdade, aprender como transformar a Internet em um veículo de vendas para o seu negócio.

Existem muitas formas de fazer isso, mas a estratégia básica inclui duas estruturas de ação. A primeira delas é a estrutura de conversão, que é basicamente o caminho pelo qual seu produto ou serviço será contratado.

São muitas as plataformas que permitem esse tipo de serviço de conversão, como as lojas virtuais, o Mercado Livre, OLX e até mesmo as redes sociais como o Instagram, Facebook e WhatsApp. Todos podem ser pontos de conversão para você vender mais nessa pandemia.

A segunda estrutura é uma campanha de prospecção ativa de novos leads para gerar clientes online. Não existe uma plataforma específica para esse trabalho, uma vez que ele exige uma série de etapas diferentes.

Essa estrutura é, também ela, dividida em duas ações: a ativa e passiva. Em termos de prospecção passiva, sua empresa deverá engajar na elaboração de um funil de Marketing de Conteúdo, atraindo, conquistando e convertendo leads em clientes com posts, artigos, vídeos, ebooks e email marketing.

Já a prospecção ativa é uma estratégia diferente. Ela consiste em montar uma lista de potenciais clientes e em entrar em contato com eles via email, redes sociais ou telefone.

Uma boa maneira de fazer isso é com o CNPJ.biz, uma base de dados de empresas do Brasil inteiro. A plataforma usa diversos pontos de dados para poder filtrar as opções disponíveis de empresas e então entrega as informações de contato delas para você fazer sua prospecção.

Entenda quais as as objeções e dores típicas desse momento

Para poder vender mais na época da pandemia, é importante entender quais são as dores naturais do seu público no momento de quarentena. Sabendo como identificar isso, é possível estabelecer a necessidade de comprar.

Por exemplo, as pessoas estão em casa e isso gera alguma insatisfação natural de não poder sair. Isso é um tipo de dor que pode ser explorada por empresas de vários tipos e segmentos.

Tanto um serviço de streaming de vídeos ou de cursos online pode aproveitar isso, quanto um restaurante que venda via delivery.

Do outro lado, as pessoas estão com preocupações com a saúde e elementos sanitários que protejam do coronavírus. Isso abre a margem para a venda de máscaras, tecidos e outros produtos que possam proteger o usuário.

Se posicione na Internet de maneira a ganhar tração online

A empresa que quer ganhar espaço orgânico na Internet precisa, majoritariamente, se posicionar em relação ao novo coronavírus. Por exemplo, muitos negócios estão se posicionando que não vão abrir suas atividades mesmo com o retorno permitido pelos governos.

Isso tem gerado uma série de comentários, o que traz público e alcance orgânico nas redes sociais. Essa estratégia ajuda a criar o alcance necessário para promover os seus produtos.

É claro que, necessariamente, não é preciso se posicionar dessa forma. O que é importante é ter uma estratégia e comunicá-la ao público de modo a gerar comentários, responder dúvidas e criar interação.

Adapte os seus produtos para o contexto da pandemia

Uma última dica para quem quer aprender como vender em época de pandemia é adaptar os seus produtos para o contexto gerado pela quarentena. Basicamente, é preciso saber o que exatamente você pode fazer para que o seu negócio seja utilizável no contexto atual?

Suponha, por exemplo, que sua empresa produza peças de madeira para vender. Como adaptá-las? Nesse caso é mais fácil pois basta entregá-las pela Internet. E serviços de consultoria ou cursos? Como adaptá-los para as condições atuais?

Ao responder essa pergunta, você saberá como preparar o seu negócio e seus produtos para que eles sejam vendidos mais facilmente.

E aí, aprendeu como vender em época de pandemia? Usando essas dicas, sua empresa poderá conquistar um pouco do mercado perdido de volta e terá mais lucros nesse período difícil.

Não esqueça de deixar um comentário abaixo com a sua opinião sobre o assunto!

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

  escreva corporativas

O que você achou? Comente