Assim como a análise e a apreciação de risco estão previstas na NR-12, elas também se encontram como norma técnica NBR ISSO 12100:2013, que se trata da apreciação de riscos da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Para que um acidente seja evitado, o procedimento mais essencial a ser feito é a apreciação dos riscos envolvidos.

Desta forma, é necessário usar as habilidades de um profissional, que se baseia em critérios normatizados, que inclui em sua análise as possibilidades verdadeiras de perigo.

É bastante comum que a apreciação de riscos seja realizada em um equipamento ou em uma máquina, e, esse processo é muito importante para que as indústrias consigam garantir segurança para os trabalhadores.

Quer saber como é realizado a apreciação de risco pela NR-12? Continue acompanhando esse artigo para mais informações.

Boa leitura!

O que é a apreciação de risco? Tudo sobre esse assunto!

De forma geral, o processo de apreciação de risco pode ser entendido como o procedimento que compreende tanto a analise de risco, como também a avaliação de risco, logo, é um procedimento completo, já que envolve essas duas etapas.

Essa apreciação apresenta uma variedade de formas, como desenhos técnicos, diagramas, imagens de vídeo e fotos.

Portanto, a apreciação de risco conforme a NR12 é um documento técnico que será feito por profissionais que possuem habilitação legal.

Como realizar a apreciação de riscos? Descubra!

Como já dito anteriormente, a apreciação de risco pela NR12 só poderá ser realizada por um profissional que possui o conhecimento necessário para executar tal procedimento.

Apenas engenheiros poderão avaliar os seguintes itens e dar o laudo da NR12:

1. Limites da máquina;

2. Inventário da máquina;

3. Classificação de riscos;

4. Qualificação do profissional de operação;

5. Sistema de segurança e de emergência;

6. Lista de prioridades;

7. Ações e recomendações necessárias;

8. Dados e descrição da máquina;

9. Sinalização;

10. Análise de riscos;

11. Categoria de segurança máxima;

12. Projeto, manual e outros documentos.

Isso significa que só uma pessoa especializada no assunto, e que possui habilitação, poderá fazer a apreciação de riscos, pois muitos pontos precisam ser analisados e o laudo NR12 deve ser feito corretamente.

Quando é que deverá ser realizado a apreciação de risco?

É recomendado que o laudo NR12, e a apreciação de riscos, seja feito diretamente na fabricação do equipamento novo, para conseguir ter conhecimento sobre os riscos dessas máquinas em fábrica.

Quem poderá assinar ou emitir a apreciação de riscos da NR12?

Assim como já mencionado previamente, apenas o profissional com habilitação, como engenheiros elétricos, engenheiros mecânicos e engenheiros da segurança do trabalho.

Portanto, é um procedimento muito sério e que não pode ser realizado por qualquer um.

Qual a validade tem a apreciação de riscos?

É importante entender que essa avaliação não possui um prazo de validade, contudo, toda vez que houver alguma modificação em determinada máquina, toda apreciação deverá ser realizada novamente.

O que deverá ser feito após a realização da apreciação de riscos? Entenda!

A partir dessa avaliação de riscos, a empresa deverá realizar a solicitação a área responsável, ou por consultoria externa, projetos de seguranças que consigam apresentar soluções técnicas para que esses riscos sejam reduzidos.

É fundamental que os potenciais problemas sejam solucionados para que os equipamentos e máquinas consigam operar sem oferecer riscos para os trabalhadores.

O projeto deve descrever quais são as proteções necessários e os dispositivos de segurança que devam ser realizados, para que haja garantia de segurança as equipes.

O que deve ter no final da apreciação de riscos?

Ao finalizar a apreciação de riscos é necessário conter os seguintes elementos:

1 – A determinação dos limites da máquina, considerando o uso correto, assim como qualquer forma de mau uso razoavelmente previsível.

2 – A identificação dos perigos e das situações perigosas que estão associadas.

3 – A estimativa do risco para cada possível perigo ou de cada situação perigosa.

4 – A avaliação desses riscos e a tomada de decisão quanto à necessidade de reduzir todos esses riscos;

5 – A eliminação do perigo ou reduzir qualquer risco associado ao perigo por meio das soluções de proteção.

A apreciação de riscos é extremamente importante!

A apreciação de riscos nas máquinas é um processo extremamente importante nos equipamentos que precisam de operação para atividade industrial, portanto, esse procedimento não pode ser negligenciado.

Gostou do artigo? Compartilhe-o em suas redes sociais!

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente