Você sabia que o Piscinão de Ramos é uma das áreas de lazer preferida dos cariocas? Pois é! Criado em 2000 e inaugurado oficialmente em 2001, o Piscinão de Ramos se destaca por ser um dos pontos mais visitados do Rio de Janeiro, sendo frequentado por algumas dezenas de milhares de pessoas todas as semanas, especialmente em épocas de maior calor, como o verão e a primavera.

Apesar disso, é fato que o Piscinão de Ramos é mal representado na mídia. Muitas pessoas enxergam o lugar como se ele fosse sujo ou tivesse milhares de problemas. Na verdade, não é nada disso. Pelo contrário: a água do Piscinão de Ramos é limpa, seguindo um sistema de tratamento rigoroso que, inclusive, contribui para a despoluição da Baía de Guanabara.

Quer saber mais sobre o assunto? Então siga a leitura para aprender como o Piscinão de Ramos é uma das áreas de lazer preferida dos cariocas!

É verdade que o Piscinão de Ramos é uma das áreas de lazer preferida dos cariocas?

Sim, é! O Piscinão de Ramos é visitado por dezenas de milhares de pessoas regularmente. Parece um exagero mencionar esse tipo de número, mas é verdade. Para se ter uma ideia, o Complexo da Maré, que abriga o Piscinão, é também uma moradia para cerca de 130 mil pessoas, ou seja: só daí já temos centenas de milhares de pessoas prontas para ir até o Piscinão.

Como o complexo de favelas está perto de outras praias do Rio em termos geográficos, mas com muita complicação logística para chegar até lá, o Piscinão de Ramos se torna a única opção de balneabilidade que essas pessoas têm. Conclusão: dezenas de milhares de pessoas usam o Piscinão mensalmente.

Você pode até se perguntar: “Mas isso não faz com que seja difícil manter a água do lugar limpa?”. Certamente é difícil. Mas o Piscinão consegue fazer isso muito bem. Tanto é assim que a água do Piscinão é uma das melhores do Rio de Janeiro, sabia? Vejamos a seguir mais sobre isso!

Como funciona o sistema de limpeza do Piscinão?

O sistema de limpeza do Piscinão de Ramos é composto por duas partes. A primeira delas consiste em puxar a água da Baía de Guanabara, que vem poluída e suja. Isso porque a Baía de Guanabara recebe o esgoto do Rio de Janeiro e de outras cidades na sua margem, parte desse esgoto sem nenhum tipo de tratamento.

Para poder limpar essa água da Baía, o sistema do Piscinão usa uma técnica de flotação. Isso consiste em fazer com que toda a sujeira sólida e flocos de sujeira flutuem até a superfície da água, formando uma espécie de lodo que é removido com um equipamento específico. Depois disso, a água recebe uma boa dose de cloro para ficar desinfetada e própria para o banho. Quando sai do sistema, a água do Piscinão é a melhor do estado!

Depois disso, ela começa a ser usada no Piscinão. A água faz uma espécie de percurso na piscina, fazendo uma “volta” antes de ser devolvida para a Baía de Guanabara.

Nesse caso, ela vai passando por vários pontos do Piscinão onde mais cloro é despejado na água para ir limpando-a conforme ela é usada. A ideia é torná-la sempre limpa, mesmo com milhares de pessoas usando o espaço.

Depois que passa pelo Piscinão, a água vai para um tanque onde o seu cloro é evaporado e então retorna limpa para a Baía de Guanabara. Assim, pouco a pouco, o Piscinão de Ramos colabora para que a Baía vá se limpando.

Como pôde ver, o sistema de limpeza da água do Piscinão de Ramos é muito melhor do que se vê nos jornais. Isso porque a maior parte das matérias que falam mal sobre a qualidade da água do Piscinão são feitas na segunda parte do processo de limpeza do local. A cada 2 anos, mais ou menos, o Piscinão é totalmente esvaziado e o seu fundo é raspado, removendo a lona que fica ali para uma limpeza complexa. Nesse momento, é normal que o espaço apresente mais sujeira e uma água mais escura, pois o processo está em limpeza. Nessa época, os visitantes não podem entrar no Piscinão por motivos óbvios. É por isso que há essa imagem negativa do projeto, sendo que a realidade mostra algo totalmente diferente.

Agora que você já sabe que o Piscinão de Ramos é uma das áreas de lazer preferida dos cariocas, já pode começar a planejar a sua visita ao lugar, caso tenha interesse. Lembre-se de que o Piscinão de Ramos é um dos principais pontos culturais da cidade do Rio de Janeiro, aparecendo em várias novelas, músicas e outras obras culturais. Percebeu como é legal saber a verdade?

E aí, gostou do conteúdo? Comente abaixo com a sua opinião sobre o assunto!

Pin It
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

*Todo o conteúdo contido neste artigo é de responsabilidade de seu autor, não passa por filtros e não reflete necessariamente a posição editorial do Portogente.

O que você achou? Comente