• Engenheiro e secretário-adjunto de Santos defende descentralização com modelagem logística

    O engenheiro eletricista e secretário-adjunto de Assuntos Portuários, Indústria e Comércio da Prefeitura de Santos (SP), José Antônio Oliveira de Rezende, falou ao Portogente que a descentralização da gestão dos portos brasileiros precisa contemplar autonomia administrativa e resolução definitiva para os passivos existentes, como o do Portus, o fundo de previdência dos portuários

  • Seleção de diretores necessita priorizar profissionais com conhecimentos específicos de cada porto

    Engenheiro civil e mestre em Infraestrutura e Gerenciamento Viário, Sílvio dos Santos contribuiu com o debate do Portogente sobre regionalização dos portos brasileiros indicando que a seleção dos diretores das companhias docas brasileiras necessita priorizar gestores com "conhecimentos específicos" referentes aos portos que irão administrar

  • WebSummit Regionalização dos Portos: navegar é preciso

    Duas opiniões favoráveis à descentralização dos portos abrem o WebSummit Regionalização dos Portos. Ambos de Santos e engenheiros, um professor e pesquisador e com um relevante currículo ligado à atividade portuária e o secretário adjunto de Assuntos Portuários da Prefeitura de Santos (SP).