• Na metade setentrional do Brasil situa-se um potencial logístico há muito e lentamente em desenvolvimento que, desde o início da Transamazônica, alcança finalmente um estágio operacional para conquistar protagonismo e ser modelador da economia nacional.

  • O blockchain, também conhecido como “cadeia de blocos”, foi desenvolvido a princípio como uma espécie de “livro razão” do Bitcoin, e permitia rastrear as transações realizadas com a criptomoeda com precisão e confiabilidade. Hoje o blockchain vai além do bitcoin e está sendo aplicado em diversas atividades.
    Conheça agora as respostas para as perguntas mais comuns sobre o blockchain.

  • A digitalização das informações no processo de movimentação de cargas garante maior segurança em escala das operações, acelera o desenvolvimento de novos negócios e reduz custos, eliminando intermediadores e possíveis fraudes

  • Se considerarmos todos os pares de países que praticam comércio em todo o mundo, descobrimos que, na maioria dos casos, existe uma relação bilateral hoje: a maioria dos países que exporta mercadorias para um país também importa produtos do mesmo país.

  • Análise de dados econômicos globais primordiais apontam oportunidades para a economia brasileira crescer e o desemprego cair expressivamente. Entretanto, é necessário remover as ineficiências dentro do sistema econômico.

  • Na terça-feira, 7/01, os olhos atentos em tecnologias estarão voltados para Las Vegas, EUA, onde acontece, em toda primeira semana do ano, a Expo CES (Consumer Electronics Show).

  • Cada firma tem o seu próprio escopo, seu próprio “timing”, operando assim segundo metas específicas e motivações. Nos tempos que se avizinham, é preciso muito mais do que o embalo pelo “instinto animal”, para as empresas se adaptarem ao novo mercado global.

  • Celebrando os 211 anos de Abertura dos Portos às Nações Amigas, Portogente lança o projeto Comunidades Portuárias. O mundo portuário vive um momento de aceleração, impulsionado por novas tecnologias. A onipresença da Internet estabelece novos padrões de concorrência e competitividade nos mercados internacionais. Reinventar é preciso.

  • Como o blockchain funciona como um bloco de informações, onde todos os processos e transações formam um histórico único e criptografado de ponta a ponta, e com a inserção de contratos inteligentes nessa cadeia, é possível garantir a integridade dos processos e ter certeza de que a peça que chegou ao pátio de montagem é a legítima

  • Mais de 4.500 empresas levaram seus produtos e inovações para o maior evento de eletrônicos de consumo do mundo